::Sobre Mim::

Nome:ELIANA.
Gosto:Animais, viagens música, crianças,amigos, flores, a natureza...a vida.
Odeio:Mentira, falsidade, violência, falta de respeito.
Filmes:Cruzadas.
Músicas:Muitas...adoro música!


::Amigos::

Angel Rose®
Melodiahot®
Serenata ao Luar®


::Sites Legais::



 



Visitante.


Locations of visitors to this page





.::UOL - O melhor conteúdo::.
.::BOL - E-mail grátis::.




::Já Passou::
06/07/2008 a 12/07/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
02/03/2008 a 08/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007


::Créditos::





::Votação::

Dê uma nota para meu blog






::Contador::





Obrigada por sua visita!








Senhor quero dizer-te.
Que eu amo a vida
Porque ela é bela e é consentida.
Eu te agradeço Senhor,
Pelo que me deste, pelo que me dás,
Pelo alimento, pelo abrigo, pelo ar e pela paz.

Obrigado pela beleza
Que meus olhos vêem no altar da natureza.
Olhos que fitam a terra, o céu e o mar.
Que acompanha a ave ligeira,
Que voa altaneira no céu de anil
E se detêm na terra verde,
Salpicada de flores em tonalidades mil.

Obrigado pelos meus olhos porque posso ver meus amores.
Mas observando os que não vêem,
Que vivem na solidão, que tropeçam na escuridão,
Por eles eu oro e peço comiseração.
Porque sei que depois desta lida
Na outra vida eles também enxergarão.

Muito obrigado pelos ouvidos meus,
Que me foram dados por Deus.
Ouvidos que ouvem o tamborilar da chuva no telheiro
E a melodia do vento nos ramos do salgueiro.
E as lágrimas que vertem dos olhos do mundo inteiro,
A alegria do povo que desce do morro a cantar
A música dos imortais que a gente escuta uma vez e não esquece nunca mais.

A voz melodiosa, canora, melancólica do boiadeiro
E a voz que geme e chora no coração do mundo inteiro,
E pela minha faculdade de ouvir.
Pelos surdos eu quero te pedir,
Porque eu sei que depois desta prova, na vida nova
Eles também ouvirão.

Obrigado pela minha voz, pela sua voz
E também pela voz que canta,
Que ensina, que anima, que alfabetiza,
Que legisla e ilumina, que trauteia uma canção
E o teu nome Senhor profere com sentida emoção.
Mas diante da minha melodia
Eu te quero rogar pelos que sofrem de afasia.
Nem falam de noite e nem de dia.
Porque eu sei que depois desta dor,
No teu reino de amor,
Eles também cantarão.

Obrigado Senhor pelas minhas mãos,
Mas também pelas mãos que aram, que semeiam,
Que agasalham, mãos, mãos de amor, mãos de ternura.
Mãos que liberam da amargura,
Mãos de solidariedade, mãos de caridade,
Mãos de sinfonia, mãos de poesia, mãos de cirurgia,
Mãos de psicografia, pelas mãos que apertam mãos,
Mãos dos adeuses, mãos que limpam feridas e os suores
da vida.
Que enxugam lágrimas,
Mãos que embalam no seu peito o corpo de um filho alheio, sem receio.

E pelos pés que permitem andar, sem reclamar,
Muito obrigado Senhor porque posso caminhar.
Diante do meu corpo perfeito
Eu te quero louvar
Porque eu vejo na terra, aleijados, amputados, paralisados, marcados,
Que não se podem movimentar.
Eu oro por eles
Porque sei que depois dessa expiação
Na outra reencarnação, eles também bailarão.

Muito obrigado por fim, pelo meu lar.
É tão maravilhoso ter um lar,
Não é importante que seja uma mansão, um palácio, uma favela, um ninho, uma casa no caminho,

um bangalô, seja lá
o que for,
Mas é importante que dentro dele exista, a figura do amor.
Do amor de pai ou de mãe, de mulher ou de marido,
De irmã ou de irmão,
A presença de um amigo, alguém que me dê a mão.
Pelo menos a companhia de um cão
Pois é muito é muito triste viver na solidão.
Mas se eu não tiver alguém para me amar,
Nem um teto para me agasalhar
Ou uma cama para repousar,
Nem aí, eu reclamarei, nem blasfemarei,
Pelo contrário, direi: 

Obrigado Senhor porque eu creio em ti.
Obrigado porque nasci.
Pelo amor, obrigado Senhor.

Amélia Rodrigues.




Escrito por ELIANA. às 20h53
[] [envie esta mensagem]




 
CALÇAS MOLHADAS

Venha comigo a uma sala de aula do terceiro ano.

Há um menino de nove anos sentado à sua carteira e de repente há uma poça entre seus pés, e a parte dianteira de suas calças está molhada.
Pensa que seu coração vai parar porque não pode imaginar como isso aconteceu.
Nunca havia acontecido antes, e sabe que quando os meninos descobrirem nunca o deixarão em paz.
Quando as meninas descobrirem, nunca mais falarão com ele enquanto viver.
O menino acredita que seu coração vai parar; abaixa a cabeça e reza esta oração:

"Querido Deus, isto é uma emergência! Eu necessito de ajuda agora! Mais cinco minutos e serei um menino morto".

Levanta os olhos de sua oração e vê a professora chegando com um olhar que diz que foi descoberto.
 Enquanto a professora está andando até ele, uma colega chamada Susie está carregando um aquário cheio de água.
Susie tropeça na frente da professora e despeja inexplicavelmente a água no colo do menino.
 O menino finge estar irritado, mas ao mesmo tempo interiormente diz:: "Obrigado, Senhor! Obrigado, Senhor!"
De repente, em vez de ser objeto de ridículo, o menino é objeto de compaixão.
 A professora desce apressadamente com ele e dá-lhe shorts de ginástica para vestir enquanto suas calças secam.
Todas as outras crianças estão sobre suas mãos e joelhos limpando ao redor de sua carteira.
A compaixão é maravilhosa.
Mas como tudo na vida, o ridículo que deveria ter sido dele foi transferido a outra pessoa - Susie.
 Ela tenta ajudar, mas dizem-lhe para sair. "Você já fez demais, sua grosseira!"
Finalmente, no fim do dia, enquanto estão esperando o ônibus, o menino caminha até Susie e lhe sussurra, "você fez aquilo de propósito, não foi?"
E Susie lhe sussurra, "eu também molhei minha calça uma vez".
Possa Deus nos ajudar a ver as oportunidades que sempre estão em torno de nós para fazer o bem.
Lembrem-se.apenas ir à igreja não o faz um cristão, da mesma forma que ficar em sua garagem não o transforma em um carro.
Cada um e todos nós estamos atravessando épocas difíceis agora, mas Deus está pronto para abençoar-nos de uma maneira que somente Ele pode fazer.
Mantenha a fé.


Pai abençoe meus amigos, parentes e aqueles com os quais me preocupo profundamente e que estão lendo esta oração agora.
 Mostre-lhes uma nova revelação de seu amor e poder. Espírito Santo ministre seu espírito neste momento.
Onde há dor, dê paz e piedade. Onde há dúvida, libere uma confiança renovada com sua graça. Onde há necessidade, que seja suprida.
Abençoe seus lares, famílias, finanças, suas idas e suas vindas.

Amém.



Escrito por ELIANA. às 20h28
[] [envie esta mensagem]




Girassóis e Miosótis
 
 
O girassol é flor raçuda,
que enfrenta até a mais violenta intempérie
e acaba sobrevivendo.
Ela quer luz e espaço e em busca desses
objetivos, seu corpo se contorse o dia inteiro.
O girassol aprendeu a viver com o sol
e por isso é forte.

Já o miosótis é plantinha linda,
mas que exige muito mais cuidado.
Gosta mais de estufa.
O girassol se vira... e como se vira!
O miosótis quando se vira, vira errado.
Precisa de atenção redobrada.
Há filhos girassóis e filhos miosótis.
Os primeiros resistem a qualquer crise:
descobrem um jeito de viver bem, sem ajuda.
As mães chegam a reclamar da independência
desses meninos e meninas, tal a sua capacidade
de enfrentar problemas e sair-se bem.

Por outro lado, há filhos e filhas miosótis,
que sempre precisam de atenção.
Todo cuidado é pouco diante deles. >
Reagem desmesuradamente, melindram-se,
são mais egoístas que os demais, ou às vezes,
mais generosos e ao mesmo tempo tímidos,
caladões, encurralados.
Eles estão sempre precisando de cuidados.

O papel dos Pais é o mesmo do jardineiro
que sabe das necessidades de cada flor,
incentiva ou poda na hora certa.

De qualquer modo fique atento.

Não abandone demais os seus girassóis
porque eles também precisam de carinho...
e não proteja demais os seus miosótis.

As rédeas permanecem com vocês...
mas também a tesoura e o regador.

Não negue, mas não dêem tudo que querem:
a falta e o excesso de cuidados matam a planta...
 
(José Fernandes de Oliveira)
 
Mensagem que recebi da minha querida amiga...
Ankh.


Escrito por ELIANA. às 20h18
[] [envie esta mensagem]




Desistiu de tudo? Vai parar mesmo?
Você realmente acredita que é o fim, ou é apenas uma maneira de mostrar ao mundo o quanto a sua dor é grande, grande não,grande é a dos outros, a sua dor é ENORME.
Vai ficar trancado no quarto, vai?

 Quantos dias?
O que você pretende?
É bom fazer um planejamento antes de isolar-se do mundo,
coloque na balança tudo o que você pode perder, e o que pode ganhar, para não ser apanhado de surpresa.
Você tem certeza que o que você esta pensando é real e verdadeiro, ou é apenas a sua verdade?
Onde estão os seus sonhos?
Se você responder que "tal pessoa destruiu" ou "tal situação terminou com qualquer esperança",
você esta no caminho errado, o caminho da felicidade é do outro lado.
Volta que você está pegando o ônibus errado.
Sabe, tem gente que fala qualquer coisa e não pensa no que esta dizendo, depois sofre.
> Você já ouviu alguém dizer que "de graça até injeção na testa"?,
pois é, tem gente que fala isso,
mas se oferecerem a injeção (benzetacil) grátis na testa, eu quero ver o maluco aceitar.
E, tem gente que faz coisas sem pensar, e não mede as conseqüências dos seus atos, por isso sofre.
Já viu alguém trancado em um quarto encontrar a felicidade?
Você já viu o amor cair na cabeça de alguém?
O bom emprego telefonar para a sua casa?
Você já viu alguém vencer um medo ficando trancado com mais medo?
 O trem da felicidade passa amanhã cedo na porta da sua casa,
você vai embarcar nele ou vai ficar trancado esperando a dor secar?
Levante-se, arrume as malas, jogue fora as coisas do passado, as tranqueiras mentais que te empurraram.
Coloque na sua mala somente coisas boas, o amor que você tem de sobra, o seu carinho,
a sua doçura e
boa viagem!
Malvina.


Escrito por ELIANA. às 20h07
[] [envie esta mensagem]




 

A LEI DO SUCESSO
 
Para um bom ganhador
não existem derrotas.
Para quem escolheu ser
um vencedor, tudo tem
um proveito.
Não existem perdas,
apenas fins de ciclos.
Não existem tombos,
apenas mudanças.
Não existem inimigos,
apenas pessoas diferentes.
Não existem problemas,
apenas chances de
se exercitar.
Não acontecem desgraças,
apenas chamas passageiras.
Não há orgulho ferido,
apenas lições de vida. >
Não existem comodismos,
apenas rápidos descansos.
Não existem fracassos,
apenas sucesso dos outros.
Nas leis do sucesso,
só vale quem acredita que
nasceu para vencer,
porque a vida só leva para
o futuro quem sabe
viver!
(A.D.)
 


Escrito por ELIANA. às 19h58
[] [envie esta mensagem]


"Quando a gente pensa que sabe todas as respostas, vem a vida e muda as perguntas. Mas não perca a esperança nunca! Sempre haverá uma nova chance para você ser feliz!"