::Sobre Mim::

Nome:ELIANA.
Gosto:Animais, viagens música, crianças,amigos, flores, a natureza...a vida.
Odeio:Mentira, falsidade, violência, falta de respeito.
Filmes:Cruzadas.
Músicas:Muitas...adoro música!


::Amigos::

Angel Rose®
Melodiahot®
Serenata ao Luar®


::Sites Legais::



 



Visitante.


Locations of visitors to this page





.::UOL - O melhor conteúdo::.
.::BOL - E-mail grátis::.




::Já Passou::
06/07/2008 a 12/07/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
02/03/2008 a 08/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007


::Créditos::





::Votação::

Dê uma nota para meu blog






::Contador::





Obrigada por sua visita!








"Que a nossa mensa gem seja a nossa própria vida."

Mahatma Gandhi


É Difícil Definir "Amigo"
 
Amigo é quem lhe dá um pedacinho do chão, quando é de terra firme que você precisa, ou um pedacinho do céu, se é o sonho que lhe faz falta.
 
Amigo é mais que ombro amigo, é mão estendida, mente aberta, coração pulsante, costas largas.
 
É quem tentou e fez, e não é egoísta para não querer compartilhar o que aprendeu.
 
É aquele que ajuda e não espera retorno, porque sabe que o ato de compartilhar um instante qualquer já o realimenta e satisfaz.
 
Amigo é quem entende seu sentimento porque já sentiu, ou um dia vai sentir, o mesmo que você.
 
Um amigo é compreensão para o seu cansaço e complemento para as suas reticências.
 
É aquele que entende seu desejo de voar, de sumir de vez em quando, sua sede de inovar sempre.
 
É ao mesmo tempo espelho que o reflete, e óleo derramado sobre suas águas agitadas.
 
O amigo se compadece pelos seus erros, e vibra com o seu sucesso.
 
É o sol que seca suas lágrimas, é a polpa que adocica ainda mais o seu sorriso.
 
Amigo é aquele que toca suas feridas com mãos de veludo; acompanha suas vitórias com euforia e faz piada para amenizar seus problemas.
 
Amigo é aquele que sente medo, dor, náusea, cólica, e chora, como você. E, se pudesse, sofreria no seu lugar.
 
Um amigo sabe que viver é ter história para contar.
 
É quem sorri para você sem motivo aparente, sofre com seu sofrimento, e é o padrinho natural dos seus filhos.
 
É aquele que encontra para você aquilo que nem você sabia que buscava. Amigo é quem lhe envia cartas, esperadas ou não, pequenos bilhetes em sala de aula, mensagens eletrônicas emocionadas.
 
É aquele que lhe ouve ao telefone mesmo quando a ligação parece caótica, com o mesmo prazer e atenção que teria se estivesse olhando em seus olhos.
 
Amigo é aquele que entende o que seus olhos dizem, sem precisar de palavras.
 
É aquele que adivinha seus desejos, seus disfarces, suas alegrias, e percebe seus medos.
 
Amigo é quem aguarda pacientemente que surja aquele brilho no seu olhar e se entusiasma quando o vê surgir. É quem tem sempre uma palavra sob medida quando seus olhos se cobrem de lágrimas. E é também aquele que sabe quando você está lutando para sufocá-las na garganta.
 
Amigo é como lua nova, é como a estrela mais brilhante, é luz que se renova a cada instante, com múltiplas e inesperadas cores, que cabem todas na sua íris.
 
Amigo é verdade e razão, sonho e sentimento...
 
Amigo é aquele que lhe diz: "eu amo você" sem qualquer medo de má interpretação.
 
Enfim, amigo é quem ama você e ponto final.
 
...........................
 
As doações de amizade pura enriquecem os companheiros de jornada.
 
Quando outras emoções se enfraquecem no vaivém dos choques, a amizade perdura, companheira devotada das pessoas que se estimam.
 
Ter amizade é ter coração que ama e esclarece, que compreende e perdoa, nas horas mais amargas da vida.
 
Por tudo isso, estendamos os benditos recursos da amizade real onde a discórdia tenta espalhar o escuro domínio que lhe é próprio.
 



Escrito por ELIANA. às 21h47
[] [envie esta mensagem]




A Luz do Mundo
 

Estava um homem de grande sabedoria a passear por estreita rua, quando uma criança perguntou-lhe:

- Moço, como eu posso ser a luz do mundo, se sou tão pequeno?

O homem respondeu:

- Vou-lhe mostrar... arranje-me uma caixa com fósforos.

O menino rapidamente entrou em sua casa e trouxe-lhe a caixa. Disse então o homem:

- Imagine que você é esse fósforo – o homem então acendeu o fósforo – se você encostar este fósforo aceso em um outro fósforo apagado o que irá acontecer?

O menino sem entender respondeu:

- Irá acender o outro fósforo.

- E se eu encostar outro fósforo, ele irá acender?

- Sim – respondeu o menino.

O homem então concluiu:

- Você é o fósforo aceso, isto é, a luz do mundo.

Os fósforos que eu encostei no fósforo aceso, são as pessoas a sua volta.

Perceba que quando eu encostei o fósforo apagado no aceso este imediatamente acendeu.

Não importa o tamanho ou idade das pessoas todos podemos e devemos ser a luz do mundo, pois essa “luz” funciona da mesma forma que o fósforo aceso, ele passa a sua chama para todos que estão próximos dele.



Escrito por ELIANA. às 15h55
[] [envie esta mensagem]




Um estagiário do Banrisul (Banco do Estado do Rio Grande do Sul) que trabalha no setor de cheques,
começou a colecionar os "papeizinhos" que são colocados no cheques pré-datados.

Um dia, isso ainda vai fazer parte do "folclore econômico nacional".



Escrito por ELIANA. às 15h49
[] [envie esta mensagem]




Como Um Pássaro


Seja como o pássaro que canta pousado sobre um galho de
árvore. Quando não sente mais nada sob seus pés, ele
continua cantando, pois, sabe que tem asas."
 (Vitor Hugo)

O que fazemos quando o chão parece desaparecer sob nossos
pés?
Começamos a murmurar e lamentar nossa sorte ou
continuamos louvando e adorando a Deus, confiando que Ele
sempre estará junto a nós para nos segurar e não nos deixar
cair?



Escrito por ELIANA. às 15h17
[] [envie esta mensagem]




CRIANÇA FELIZ…


NATAL
2007...




Taí uma boa idéia!

Ainda faltam 2meses, mas é bom começar a pensar no assunto.
Quer fazer algo diferente, neste ano, no Natal?
Que tal ir à agência dos Correios e pegar uma das 17 milhões
de cartinhas de crianças pobres e ser o Papai ou Mamãe Noel
delas?
Fui informada de que tem cada pedido inacreditável.
Tem criança pedindo um panetone, uma blusa de frio para a avó ou
material escolar.
Deixo a idéia lançada.
É só pegar a carta e entregar o presente em uma agencia do
correio até
dia 20 de Dezembro.
O próprio correio se encarrega de fazer a entrega.
DIVULGUE PARA OS CONHECIDOS
Na vida, a gente passa por 3 fases:
- a primeira quando acreditamos no Papai Noel;
- a segunda quando não acreditamos; e
- a terceira quando somos Papai Noel!

 



Escrito por ELIANA. às 15h10
[] [envie esta mensagem]






Escrito por ELIANA. às 14h40
[] [envie esta mensagem]






Escrito por ELIANA. às 14h30
[] [envie esta mensagem]




 
 
 
"Os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma. " 
 
 Pythagoras


Escrito por ELIANA. às 14h16
[] [envie esta mensagem]




Historia de Amor

Banda Celebridade

Não adianta tentar esconder
Nossos sentimentos
Se a cada momento que passa
Sinto muita falta de você.

Uma historia de amor
Que mesmo distante
Não tem como terminar
So assim percebi
Que eu nasci pra te amar

Vou correr em busca
De um momento so pra nos dois
Não tem como esconder
Essa historia e o amor
Que sinto por você

Em tudo que olho
Eu vejo seu reflexo
Toda boca que beijo
Ao fechar meus olhos
Estou com você

Pois tentar fugir
Do destino e muito pior
Então temos que deixar
Os sonhos acontecerem

Vou correr em busca
De um momento so pra nos dois
Não tem como esconder
Essa historia e o amor
Que sinto por voce



Escrito por ELIANA. às 13h49
[] [envie esta mensagem]




POÇAS DE LAMA

Pelos olhos de uma criança
 
Quando olho dentes-de-leão, eu vejo ervas daninhas invadindo meu quintal.
Meus filhos vêem flores para a mãe e sopram a penugem branca pensando em um desejo.
 

Quando olho um velho mendigo que me sorri, eu vejo uma pessoa suja que provavelmente quer dinheiro e me afasto.
Meus filhos vêem alguém sorrir para eles e sorriem de volta.
 
Quando ouço uma música, eu gosto. Mas não sei cantar e não tenho ritmo; então me sento e escuto.
Meus filhos sentem a batida e dançam. Cantam e se não sabe a letra, criam a
sua própria.
 
Quando sinto um forte vento em meu rosto, me esforço contra ele. Sinto-o atrapalhando o meu cabelo e empurrando-me para trás quando ando.
Meus filhos fecham os seus olhos, abrem seus braços e voam com ele, até que caiam a rir pela terra.
 
Quando rezo, eu digo Tu e Vós e conceda-me isto,  dê-me aquilo.
Meus filhos dizem: "Olá Deus! Agradeço por meus brinquedos e meus amigos.
Por favor, mantenha longe os maus sonhos hoje à noite. Eu ainda não quero ir para o céu. Eu sentiria falta de minha mãe e de meu pai."
 
Quando olho uma poça de lama eu dou a volta. Eu vejo sapatos enlameados e tapetes sujos.
Meus filhos sentam-se nela. Vêem represas para construir, rios para cruzar e bichinhos para brincar.
 
Eu só queria saber se os filhos nos foram dados para os ensinarmos ou para aprendermos...
 
Eu recomendo que você aprecie as pequenas coisas da vida, porque um dia poderá olhar para trás e descobrir que eram grandes coisas da vida.
 
E, para finalizar, desejo a você grandes poças de lama...
e dentes-de-leão!!!


Escrito por ELIANA. às 09h32
[] [envie esta mensagem]




 


 
 
 
"Leer un libro  
daña gravemente a la ignorancia".   
 
(Anónimo)
 


Escrito por ELIANA. às 09h19
[] [envie esta mensagem]




A importância do perdão




O pequeno Zeca entra em casa, após a aula, batendo forte os seus pés no assoalho da casa. Seu pai, que estava indo para o quintal para fazer alguns serviços na horta, ao ver aquilo chama o menino para uma conversa.

Zeca, de oito anos de idade, o acompanha desconfiado. Antes que seu pai dissesse alguma coisa, fala irritado:

- Pai, estou com muita raiva. O Juca não deveria ter feito aquilo comigo. Desejo tudo de ruim para ele.

Seu pai, um homem simples mas cheio de sabedoria, escuta calmamente o filho que continua a reclamar:

- O Juca me humilhou na frente dos meus amigos. Não aceito. Gostaria que ele ficasse doente sem poder ir à escola.

O pai escuta tudo calado enquanto caminha até um abrigo onde guardava um saco cheio de carvão Levou o saco até o fundo do quintal e o menino o acompanhou, calado. Zeca vê o saco ser aberto e antes mesmo que ele pudesse fazer uma pergunta, o pai lhe propõe algo:

- Filho, faz de conta que aquela camisa branquinha que está secando no varal é o seu amiguinho Juca e cada pedaço de carvão é um mau pensamento seu, endereçado a ele. Quero que você jogue todo o carvão do saco na camisa, até o último pedaço. Depois eu volto para ver como ficou.

O menino achou que seria uma brincadeira divertida e passou mãos à obra. O varal com a camisa estava longe do menino e poucos pedaços acertavam o alvo. Uma hora se passou e o menino terminou a tarefa. O pai que espiava tudo de longe, se aproxima do menino e lhe pergunta:

- Filho como está se sentindo agora?

- Estou cansado mas estou alegre porque acertei muitos pedaços de carvão na camisa.

O pai olha para o menino, que fica sem entender a razão daquela brincadeira, e carinhoso lhe fala:

- Venha comigo até o meu quarto, quero lhe mostrar uma coisa.

O filho acompanha o pai até o quarto e é colocado na frente de um grande espelho onde pode ver seu corpo todo. Que susto! Zeca só conseguia enxergar seus dentes e os olhinhos. O pai, então lhe diz ternamente:

- Filho, você viu que a camisa quase não se sujou; mas, olhe só para você.

O mal que desejamos aos outros é como o que lhe aconteceu. Por mais que possamos atrapalhar a vida de alguém com nossos pensamentos, a borra, os resíduos, a fuligem ficam sempre em nós mesmos.

Cuidado com seus pensamentos, eles se transformam em palavras;
Cuidado com suas palavras, elas se transformam em ações;
Cuidado com suas ações, elas se transformam em hábitos;
Cuidado com seus hábitos, eles moldam o seu caráter;
Cuidado com seu caráter, ele controla o seu destino.



Escrito por ELIANA. às 09h16
[] [envie esta mensagem]




 
SENHOR...
  

Se eu não puder ser o que eu desejo,
Que eu seja o que desejas de mim.
Se eu não puder ser a árvore que dá frutos,
Que eu seja o arbusto que dá sombra.

Se eu não puder ser o rio que inunda a terra,
Que eu seja a fonte que dá de beber.

Se eu não puder ser uma estrela no céu,
Que eu seja uma luz que anima as esperanças.
Se eu não puder ser o teto que abriga a todos,
Que eu seja a porta que se abre a quem bate.
Se eu não puder ser o mar que liga os continentes,
Que eu seja o porto que recebe a nave.
Se eu não puder ser o bosque que floresce,
Que eu seja o pássaro que nele canta.
Se eu não puder ser a roseira carregada,
Que eu seja o perfume de uma flor.
Se eu não puder ser a melodia que enleva,
Que eu seja a inspiração de cada verso.
Se eu não puder ser o vento que arrebata,
Que eu seja ao brisa que acaricia.
Se eu não puder ser o livro que ensina,
Que eu seja a palavra que comove.
Se eu não puder ser a messe que promete,
Que eu seja o trigo que vai ser o pão.
Se eu não puder ser o fogo que incendeia,
Que eu seja o óleo que mantém a chama.
Se eu não puder ser a estrada que conduz,
Que eu seja o sinal que marca a direção.
Se eu não puder ser o rico que tudo pode,
Que eu seja o pobre que não nega nada.
Se eu não puder ser a chuva que irriga o solo,
Que eu seja o orvalho que umedece a flor.
Se eu não puder ser o tapete no palácio dos reis,
Que eu seja o agasalho na casa dos pobres.
Se eu não puder ser o sorriso que encanta,
Que eu seja a impressão que ele deixa.
Se eu não puder ser a felicidade que todos buscam,
Que eu seja feliz em ser tudo para todos.
Se eu não puder ser toda a bondade do mundo,
Que eu seja bom como todo o mundo espera.
Se eu não puder ser a eternidade,
Que eu seja o tempo em que tu nos falas.
Se eu não puder ser o amor que tudo começa,
Que eu seja o amor que faz chegar ao fim! 
(Padre Orlando Ganbi)


Escrito por ELIANA. às 09h10
[] [envie esta mensagem]




Aos olhos do Pai

.

Aos olhos do Pai
Você é uma obra prima que ele planejou
Com suas próprias mãos pintou
A cor de sua pele, os seus cabelos desenhou
Cada detalhe num toque de amor
Você é linda demais, perfeita aos olhos do pai
Alguém igual a você não ví jamais
Princesa linda demais, perfeita aos olhos do pai
Alguem igual a você não ví jamais

Aos olhos do pai
Você é uma obra prima que ele planejou
Com suas próprias mãos pintou
A cor de sua pele, os seus cabelos desenhou
Cada detalhe num toque de amor
Nunca deixe alguem dizer, que não é querida
Antes de você nascer, Deus sonhou com você .

Ana Paula Valadão.



Escrito por ELIANA. às 09h00
[] [envie esta mensagem]




Julgar...


Não cometa o erro de julgar quem quer que seja.
Cada pessoa tem uma maneira de encarar a vida.
Se você já é capaz de se sustentar, de tomar decisões,
de fazer valer os seus direitos, parabéns!
Isso é digno de louvor, de reconhecimento.
Mas, isso não lhe dá o direito de julgar ninguém,
nem quando a sua intenção é a de ajudar...

Podemos ajudar mais com o nosso respeito,
oferecendo a nossa atenção,
mostrando que estamos por perto,
mas nunca tentando interferir diretamente,
porque achamos que sabemos o que é certo.
O nosso certo pode dar totalmente errado,
pode não funcionar em outras vidas e situações.

Então, mesmo que você não entenda,
que seja difícil aceitar uma situação,
a melhor atitude é usar da paciência,
é "saber esperar".
Só podemos ajudar de fato quem nos pede ajuda,
não adianta forçar uma situação, impor decisões,
o amor é ainda, a maior arma de correção,
instrumento divino que transforma,
as vezes em companhia da dor,
por isso não se assuste.
As mudanças provocadas pelo amor,
tem uma grande vantagem: são eternas.

Na dúvida, ame um pouco mais...

Paulo Roberto Gaefke.



Escrito por ELIANA. às 08h55
[] [envie esta mensagem]







 

 
 
 
Las brujas  
han parado de existir  
cuando nosotros  
hemos parado de quemarle.
 


Escrito por ELIANA. às 08h51
[] [envie esta mensagem]




Felicidade!!

Ondeestáa...pps (279,0 KB)



Escrito por ELIANA. às 15h51
[] [envie esta mensagem]




Casa bem guardada.

Casabemgu...wmv (1288,4 KB)



Escrito por ELIANA. às 15h44
[] [envie esta mensagem]




 
Pedindo esmola...
 


Escrito por ELIANA. às 15h35
[] [envie esta mensagem]




Military photos of the Twin Towers
 


Escrito por ELIANA. às 15h23
[] [envie esta mensagem]




Show fantástico!!

Puppet.wmv (2,3 MB)



Escrito por ELIANA. às 15h21
[] [envie esta mensagem]




SURDEZ NA TERCEIRA IDADE!

  Um velho telefona ao médico para marcar uma consulta para a sua
mulher.

A atendente lhe pergunta: - Qual o problema de sua esposa?
- Surdez. Não ouve quase nada.

- Então o senhor vai fazer o seguinte:
antes de trazê-la, fará um teste para facilitar o diagnóstico do
médico. Sem que ela esteja olhando, o senhor, a uma certa distância,
falará em tom normal, até que perceba a que distância ela consegue
ouví-lo. Então quando vier, dirá ao médico a que distância o senhor
estava quando ela o ouviu. Certo?

 - Está certo.

 À noite, quando a
mulher estava preparando o jantar, o velhote decidiu fazer o teste.
Mediu a distância que estava em relação à mulher. E pensou:"Estou a
15 metros de distância. Vai ser agora!"

 - Maria... o que temos para
jantar?

Nada. silêncio.

Aproxima-se 5 metros.

- Maria... o que temos
para jantar?

 Nada. silêncio.

 Fica à distância de 3 metros:

 - Maria...
o que temos para jantar?

Silêncio.

 Por fim, encosta-se às costas da
mulher e volta a perguntar:

 - Maria! O que temos para jantar?

 
Frango, po---!!

É a quarta vez que eu respondo!



Escrito por ELIANA. às 15h09
[] [envie esta mensagem]




NÃO MORRA DE ATAQUE CARDÍACO


Os ataques de coração
Uma Nota importante sobre os ataques cardíacos:
Fiquem a saber que há outros sintomas de ataques cardíacos,  além da
Dor no braço esquerdo
Devem também prestar atenção a uma dor intensa no queixo, assim como às
náuseas e aos suores abundantes ,  pois estes também são sintomas vulgares
Pode-se não sentir nunca uma primeira dor no peito, durante um ataque
cardíaco
60% das pessoas que tiveram um ataque cardíaco enquanto dormiam,  já não
Se levantaram.  Mas a dor no peito, pode acordá-lo    de um sono  profundo
Se assim for, dissolva imediatamente duas Aspirinas na boca e engula-as com
um bocadinho de água. Peça ajuda a alguém
Sente-se numa cadeira ou sofá NÃO SE DEITE!!!
Force a respiração até tossir até o atendimento.
Um cardiologista disse que, se cada pessoa que receber este mail o enviar a
10 pessoas, que se pode ter a certeza de que se salvará pelo menos uma
vida!

Eu    estou fazendo   a minha parte





Escrito por ELIANA. às 14h56
[] [envie esta mensagem]




Cuidado!!...

pinga e piscina, não combinam

s41.wmv (2,8 MB)



Escrito por ELIANA. às 14h41
[] [envie esta mensagem]




Onde andará o meu doutor?

 
Hoje acordei sentindo uma dorzinha,
aquela dor sem explicação,
e uma palpitação,
resolvi procurar um doutor,
fui divagando pelo caminho...

Lembrei daquele médico que me atendia vestido de branco
e que para mim tinha um pouco de pai, de amigo e de anjo...

O Meu Doutor que curava a minha dor,
não apenas a do meu corpo mas a da minha alma,
que me transmitia paz e calma!

Chegando à recepção do consultório,
fui atendida com uma pergunta:
QUAL O SEU PLANO?
O MEU PLANO?
Ah, o meu plano é viver mais e feliz!
é dar sorrisos, aquecer os que sentem frio
e preencher esse vazio que sinto agora!

Mas a resposta teria que ser outra...
o MEU PLANO DE SAÚDE...

Apresentei o documento do dito cujo
já meio suada, tanto quanto o meu bolso, e aguardei...

Quando fui chamada corri apressada,
ia ser atendida pelo Doutor,
aquele que cura qualquer tipo de dor...

Entrei e o olhei, me surpreendi,
rosto trancado, triste e cansado...
será que ele estava adoentado?
É, quem sabe, talvez gripado
não tinha um semblante alegre,
provavelmente devido à febre...

Dei um sorriso meio de lado e um bom dia...

Sobre a mesa, à sua frente, um computador,
e no seu semblante a sua dor.

O que fizeram com o Doutor?

Quando ouvi a sua voz de repente:
O que a senhora sente?

Como eu gostaria de saber o que ELE estava sentindo...
Parecia mais doente do que eu, a paciente...

Eu? ah! sinto uma dorzinha na barriga e uma palpitação
e esperei a sua reação.
Vai me examinar, escutar a minha voz
auscultar o meu coração...

Para minha surpresa apenas me entregou uma requisição e disse:
peça autorização desses exames para conseguir a realização...

Quando li quase morri...
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA,
RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
e CINTILOGRAFIA!?

Ai, meu Deus! que agonia!
Eu só conhecia uma tal de abreugrafia...
Só sabia que ressonar era (dormir),
De magnético eu conhecia um olhar...
E cintilar só o das estrelas!

Estaria eu à beira da morte? de ir para o céu?
Iria morrer assim ao léu?

Naquele instante timidamente pensei em falar:
Terá o senhor uma amostra grátis
de calor humano para aquecer esse meu frio?

Que fazer com essa sensação de vazio?
e observe, Doutor,
o tal Pai da Medicina, o grego Hipócrates, acreditava que
A ARTE DA MEDICINA ESTAVA EM OBSERVAR.

Olhe para mim...

Bem verdade que o juramento dele está ultrapassado!
médico não é sacerdote...
Tem família e todos os problemas inerentes ao ser humano...
Mas, por favor, me olhe, ouça a minha história!
Preciso que o senhor me escute, ausculte
e examine!

Estou sentindo falta de dizer até aquele 33!
Não me abandone assim de uma vez!
Procure os sinais da minha doença e cultive a minha esperança!
Alimente a minha mente e o meu coração...

Me dê, ao menos, uma explicação!
O senhor não se informou se eu ando descalça... ando sim!
gosto de pisar na areia e seguir em frente
deixando as minhas pegadas pelas estradas da vida,
estarei errada?
Ou estarei com o verme do amarelão?
Existirá umas gotinhas de solução?
Será que já existe vacina contra o tédio?
Ou não terá remédio?

Que falta o senhor me faz, meu antigo Doutor!

Cadê o Sccoth, aquele da Emulsão?
Que tinha um gosto horrível mas me deixava forte
que nem um Sansão!

E o Elixir? Paregórico e categórico,
E o chazinho de cidreira,
que me deixava a sorrir sem tonteiras?

Será que pensei asneiras?

Ah! meu querido e adoentado Doutor!

Sinto saudades
dos seus ouvidos para me escutar,
das suas mãos para me examinar,
do seu olhar compreensivo e amigo...
do seu pensar...

O seu sorriso que aliviava a minha dor...
Que me dava forças para lutar contra a doença...
e que estimulava a minha saúde e a minha crença...

Sairei daqui para um ataúde?

Preciso viver e ter saúde!

Por favor, me ajude!

Oh! meu Deus, cuide do meu médico e de mim,
caso contrário chegaremos ao fim...

Porque da consulta só restou uma requisição
digitada em um computador
e o olhar vago e cansado do Doutor!

Precisamos urgente dos nossos médicos amigos,
a medicina agoniza...
ouço até os seus gemidos...

Por favor, tragam de volta o meu Doutor!

Estamos todos doentes e sentindo dor...

E peço, para o ser humano, uma receita de calor,
e para o exercício da medicina..... uma prescrição de amor!

 
(Tatiana Bruscky)

Tatiana Bruscky é médica e mora em Recife (PE)
 


Escrito por ELIANA. às 14h10
[] [envie esta mensagem]





 
 
Cuando
 
 
(Laura Pausini)
 
Tú dime cuándo, cuándo
dónde están tus ojos,
dónde está tu boca
quizás en África no importa
tú dime cuándo cuándo
dónde están tus manos,
dónde tu nariz
hacia un día desesperado
estoy sedienta
tengo sed de ti.

Tú dime cuándo, cuándo
no me mires ahora amor que
estoy cansada
porque pienso al futuro
Tú dime cuándo, cuándo
somos ángeles
que buscan las sonrisas
no te vayas tan deprisa
que yo tengo sed
tengo sed de ti.
Viviré sí viviré
todo el día para verte marchar
entre recuerdos
y esta extraña locura
y el paraíso que no existe
quien quiere
un hijo no insiste.

Tú dime cuándo, cuándo
por favor quedate tú otra hora
y te diré que te odio ahora.

Tú dime cuándo, cuándo
lo sé no serás mío y en tu cara
una sonrisa en tu mirada
estoy sedienta
tengo sed de ti
tengo sed de ti.
Viviré sí viviré
todo el día para
verte marchar
entre recuerdos
y esta extraña locura
y el paraíso quizás existe.
ahhh ahhh
ohhh ohhh
uhhh uhhh
estoy sedienta
tengo sed de ti.

Tú dime cuándo, cuándo...


Escrito por ELIANA. às 10h22
[] [envie esta mensagem]




Tropa de paz...


por
Flávio Luiz Gomes Bastos -

Na Índia, o equivalente de paz é "santi" o que significa o estado mais elevado de tranquilidade interior. Uma escritura budista muito antiga descreve assim o estado de paz interior: a tranquilidade de espírito atinge-se uma vez que se superou a avareza, o ódio e a ignorância.

Portanto, em tempos de "Tropa de elite" recordemos algumas consciências elevadas que ao conviverem entre nós deixaram registradas suas mensagens de amor e compaixão, único caminho viável para a conquista da paz interior e da tão almejada paz entre os homens. Deixemos que as palavras falem por si.

JESUS CRISTO
Há dois mil anos houve alguém que sabia que a humanidade se debateria em busca de soberania e poder e se precipitaria nos despenhadeiros das guerras cruéis e sangrentas, causando dor e sofrimento. Por isso Ele disse: "Minha paz vos deixo, minha paz vos dou". E há dois mil anos esse mesmo "Alguém" chamado Jesus Cristo, que conhecia a intimidade das criaturas, adivinhava-lhes as angústias e as incertezas, sabia que muitas seriam as derrotas e que depois do cansaço das lutas inglórias buscaria uma rota segura. Por essa razão Ele disse: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida".

MAHATMA GANDHI
Se queremos alcançar a verdadeira paz neste mundo e queremos desfechar uma guerra verdadeira contra a guerra teremos que começar pelas crianças; se crescerem com sua inocência natural, não teremos que lutar; não teremos que tomar resoluções ociosas e infrutíferas, mas seguiremos do amor para o amor, da paz para a paz, até que finalmente todos os cantos do mundo estarão dominados pela paz e pelo amor, pelo que o mundo inteiro está ansiando, consciente ou inconscientemente.

O caminho da paz é o caminho da verdade. Ser honesto é ainda mais importante do que ser pacífico. Na verdade, a mentira é mãe da violência. Um homem sincero não pode permanecer violento por muito tempo. Ele vai perceber no curso de sua busca que não tem necessidade de ser violento. Vai também descobrir que enquanto houver nele o menor vestígio de violência não conseguirá encontrar a verdade que está procurando.

ALBERT EINSTEIN
A paz é a única forma de nos sentirmos realmente humanos. Que os povos compreendam! Que se manifeste sua consciência! Assim galgaríamos nova etapa no progresso dos povos entre si e nos recordaríamos do quanto a guerra foi uma imcompreensível loucura de nossos antepassados!

MARTIN LUTHER KING
Através da violência você pode matar um assassino, mas não pode matar um assassinato.
Através da violência você pode matar um mentiroso, mas não pode estabelecer a verdade.
Através da violência você pode matar uma pessoa odienta, mas não pode matar o ódio.
A escuridão não pode extinguir a escuridão. Só a Luz pode.

DALAI LAMA
Rancor, ódio, ciúme: não é possível encontrar a paz com eles. Podemos resolver muitos de nossos problemas por meio da compaixão e do amor. Só assim nos desarmaremos e encontraremos a verdadeira felicidade. Uma das maiores virtudes é a compaixão. A compaixão não pode ser comprada numa loja de departamentos ou fabricada por máquinas. Ela advém do crescimento interior. Sem paz de espírito é impossível haver paz no mundo.

CHICO XAVIER/EMMANUEL
PAZ NO MUNDO E A PAZ DE CRISTO:
Nos círculos da carne a paz das nações costuma representar o silêncio provisório das baionetas;
a paz dos que se revoltam no quadro de lutas necessárias é a manifestação do desespero doentio;
a paz dos arbitrários é a satisfação dos próprios caprichos;
a paz dos vaidosos é o aplauso da ignorância;
a paz dos vingativos é a destruição dos adversários;
a paz dos maus é a vitória da crueldade;
a paz das negociações sagazes é a exploração inferior;
a paz dos que se agarram às sensações de baixo teor é a viciação dos sentidos.
Há muitos ímpios, caluniadores, criminosos e indiferentes que desfrutam a paz no mundo;
sentem-se triunfantes, venturosos e dominadores no século.
A ignorância endinheirada, a vaidade bem vestida e a preguiça inteligente sempre dirão que seguem muito bem.
Não te esqueças contudo, de que a paz no mundo pode ser, muitas vezes, o sono enfermiço da alma.
Busca, desse modo, aquela paz que excede o entendimento por nascida e cultivada portas à dentro do espírito, no campo da consciência e no santuário do coração.

CHICO XAVIER/EMMANUEL
SUGESTÕES DE PAZ:
I - Aceita na Terra a existência que a Divina Sabedoria te confiou, mantendo-te na atitude de cultivador que se consagra sinceramente ao trato de solo que lhe cabe lavrar.
II - Quando e quanto se te faça possível, auxilia os companheiros de experiência sem absorver-lhes as responsabilidades.
III - Se alguns daqueles que te compartilham a paisagem se mostrarem desinteressados quanto às obrigações que lhes competem ou se desorganizarem às tarefas que lhes dizem respeito, ajuda-os no reajuste desejável sem tisnar-lhes o livre arbítrio, mas não te lamentes se não conseguires fazer isso, de vez que todos responderemos pelos nossos próprios encargos.
IV - Ama os familiares e os entes queridos sem vinculá-los a qualquer exigência e sejamos agradecidos aos que nos estendam compreensão e bondade.
V - Não aspires a retificar apressadamente os outros quando os consideres errados segundo os teus pontos de vista, porque também nós quando em erro nem sempre admitimos corrigendas imediatas.
VI - Quando ofensas te espancarem o coração esquece todo o mal, recordando quantas vezes teremos ferido impensadamente os outros e não conserves mágoas que te envenerariam a vida.
VII - Não imponhas o teu ideal de felicidade àqueles que estimas, de vez que a felicidade das criaturas varia sempre conforme o degrau evolutivo em que se encontram.
VIII - Diante de opiniões alheias respeita no próximo o direito de emití-las conquanto nem sempre te sintas no dever de adotá-las, reconhecendo que os pensamentos de nossos vizinhos podem ser diferentes dos nossos.
IX - Em matéria de fé procura acatar o modo pelo qual esse ou aquele irmão se coloca à busca de Deus, porque se para cada cidade terrestre dispomos de trilhas numerosas, imagina quantas vias de acesso existirão para o acesso aos lugares Divinos.
X - Administra com equilíbrio e abnegação os bens materiais e espirituais que a Eterna Bondade te situou nas mãos. Entretanto, não olvides que a tua permanência na Terra guarda por objetivo essencial, acima de tudo, ensinar-te a ser um espírito sublimado para a verdadeira vida além da morte e que, um dia, partirás do mundo carregando contigo unicamente os valores que houveres entesourado dentro de ti.
XI - Quanto puderes, como puderes e onde puderes, guardando a consciência tranquila, trabalha servindo sempre.
XII - Assim agindo, ainda que não percebas, desde agora estarás imperturbavelmente nos domínios da paz.

Psicanalista Clínico e Interdimensional.



Escrito por ELIANA. às 19h19
[] [envie esta mensagem]




A Despedida do Amor

Existem duas dores de amor: 
A primeira é quando a relação termina e a gente, 
seguindo amando, tem que se acostumar com a ausência do outro, com a sensação de perda, de rejeição e com a falta de perspectiva, 
já que ainda estamos tão embrulhados na dor 
que não conseguimos ver luz no fim do túnel.
 

A segunda dor é quando começamos a vislumbrar a luz no fim do túnel.

A mais dilacerante é a dor física da falta de beijos e abraços, a dor de virar desimportante para o ser amado. 
Mas, quando esta dor passa, começamos um outro ritual de despedida: 
a dor de abandonar o amor que sentíamos. 
A dor de esvaziar o coração, de remover a saudade, de ficar livre, sem sentimento especial por aquela pessoa. Dói também...
 

Na verdade, ficamos apegados ao amor tanto quanto à pessoa que o gerou. 
Muitas pessoas reclamam por não conseguir se desprender de alguém. 
É que, sem se darem conta, não querem se desprender. 
Aquele amor, mesmo não retribuído, tornou-se um souvenir, lembrança de uma época bonita que foi vivida...

Passou a ser um bem de valor inestimável, é uma sensação à qual a gente se apega. Faz parte de nós. 
Queremos, logicamente, voltar a ser alegres e disponíveis, mas para isso é preciso abrir mão de algo que nos foi caro por muito tempo, que de certa maneira entranhou-se na gente, e que só com muito esforço é possível alforriar.


É uma dor mais amena, quase imperceptível. 
Talvez, por isso, costuma durar mais do que a "dor-de-cotovelo" 
propriamente dita. É uma dor que nos confunde. 
Parece ser aquela mesma dor primeira, mas já é outra. A pessoa que nos 
deixou já não nos interessa mais, mas interessa o amor que sentíamos por 
ela, aquele amor que nos justificava como seres humanos, que nos colocava dentro das estatísticas: "Eu amo, logo existo".


Despedir-se de um amor é despedir-se de si mesmo. 
É o arremate de uma história que terminou, externamente, sem nossa concordância, mas que precisa também sair de dentro da gente... 
E só então a gente poderá amar, de novo.

 

Escrito por ELIANA. às 15h24
[] [envie esta mensagem]




Nosso coração é uma casa
Letícia Thompson
 
 
 
Nosso coração é uma casa onde ninguém entra e sai, com ou sem nossa permissão, sem deixar marcas nas paredes.
Muitos deixam marcas profundas de felicidade; outros deixam cicatrizes que marcarão nossa vida para sempre.
Os amigos deixam marcas fortes, mas suaves. E cada vez que tocamos nossa alma com nossas recordações lá estão os traços, invisíveis, mas legíveis, como as escrituras em Braile. É suficiente fechar os olhos para ver toda uma história gravada nas paredes do nosso ser. Nesses momentos nosso rosto sorri sozinho.
Os amores perdidos deixam marcas irrecuperáveis: eles deixam um gosto doce e amargo ao mesmo tempo. Amargo na maioria das vezes. Sim, eles têm mais gosto que qualquer outra coisa e sempre sobem a nossa garganta quando as lembranças nos assaltam.
Tristes são as marcas das dores que deixaram os que nos fizeram mal. São as cicatrizes que deformam nossas vidas se não aprendemos a conviver com elas. Mesmo se queremos ir adiante, de vez em quando nosso olhar se volta para esses rabiscos mal traçados e sentimos a dor tal e qual no primeiro dia.
Quantas vezes não impedimos que alguém entre por causa de preconceitos ou idéias pré-concebidas, ou medo de tentar de novo uma nova relação. Ao primeiro olhar, nos trancamos. Outras vezes, sem muita consciência, deixamos entrar quem não valia muito a pena. Somos maus juízes porque confiamos demais nos nossos olhos e de menos no nosso coração. Devemos pedir a Deus que nos dê um pouco mais de dicernimento, pois agindo por nós mesmos, podemos estar nos trancando a maravilhosos encontros.
De vez em quando, é preciso fazer uma boa faxina nessa casinha tão preciosa. É preciso polir carinhosamente, realçar as marcas bonitas e passar tinta nova e clara nas paredes; de vez em quando é bom abrir as janelas e deixar que o sol entre e ilumine todos os cômodos. E enfeitar com as janelas com flores de cores vivas e alegres.
De vez em quando é mesmo muito importante achar o cantinho mais gostoso dessa casa e sentar-se nele. E rir do nada. E jogar os ressentimentos para bem longe. Sentir-se bem consigo.
Se nosso coração é uma casa, faça do seu a casa dos seus sonhos. Lembre-se que não importa quantos entram e saem, você é o dono, só você é responsável. Faça mudanças necessárias. Jogue o inútil no lixo. Só não se esqueça, nessa mudança, de colocar de volta nas paredes essas marcas benditas que deixaram esses que foram bênçãos na sua vida. Dê a mão aos doces momentos, os momentos felizes. Tudo o mais é inútil, tudo o mais deve ficar pra trás...


Escrito por ELIANA. às 15h15
[] [envie esta mensagem]




Meus amigos são todas as minhas estações.
 
Eles passam pela minha vida em ciclos e cada um traz consigo alguma coisa vital à minha

sobrevivência. 

 Meus amigos primavera são as flores que enfeitam minha vida, perfumam também. Há aqueles,

discretos, que preferem não perfumar muito, mas quanta beleza me passam!!! Os mais

exuberantes chegam e irradiam tudo, tornando minha vida repleta.

 
Meus amigos verão são meus raios de sol. Eles me iluminam e, como se isso ainda não fosse

suficiente, iluminam meu caminho, indo sempre adiante para evitar que eu me machuque nas

estradas da vida! Eles trazem calor humano, tão essencial ao meu crescimento como pessoa!

 
Meus amigos outono são meus frutos maduros. Eles sempre, pela suas experiêcias, me ensinam

alguma coisa. São aqueles que me dizem que às vezes é necessário se repousar um pouco, se

dar um tempo, parar, respirar, ganhar novas forças. E são eles que me preparam para as

rudezas da vida.

 
E meus amigos inverno? Esses são meu casaco, minhas luvas, meu chapéu! Eles me protegem

contra as tempestades hostis e me apóiam quando eu mais preciso. Eles têm sempre uma mão bem

quentinha para segurar a minha para que eu não sinta solidão, eles têm sempre um lenço de

reserva para enxugar minhas lágrimas.

 
Finalmente nas variedade das estações eu me encontro. Deus, que é perfeito e é tudo em si

mesmo, sabia que eu não poderia viver sem as flores que me enfeitam, os raios que me

aquecem, os frutos que me sustentam e os casacos que me protegem.

 



Escrito por ELIANA. às 14h08
[] [envie esta mensagem]





 
 
 
 

Deus é como Açúcar!

"Um certo dia, a professora querendo saber se todos tinham estudado a Bíblia, perguntou às crianças quem saberia explicar quem é Deus? 
Uma das crianças levantou o braço e disse: 
- Deus é o nosso pai, Ele fez a terra, o mar e tudo que está nela; nos fez como filhos Dele. 
 
A professora querendo buscar mais respostas, foi mais longe: 
- Como vocês sabem que Deus existe, se nunca O viram? 
A sala ficou toda em silêncio... 
Pedro, um menino muito tímido, levantou as mãozinhas e disse: 
- A minha mãe me disse que Deus é como o açúcar no meu leite que ela faz todas as manhãs, eu não vejo o açúcar que está dentro da caneca no meio do leite, mas se ela tira, fica sem sabor. Deus existe, e está sempre no meio de nós, só que não O vemos, mas se Ele sair de perto, nossa vida fica...sem sabor. 
 
A professora sorriu, e disse: 
- Muito bem Pedro, eu ensinei muitas coisas a vocês, mas você me ensinou algo mais profundo que tudo o que eu já sabia. Eu agora sei que Deus é o nosso açúcar e que está todos os dias adoçando a nossa vida! 
 
Deu-lhe um beijo e saiu surpresa com a resposta daquela criança." 
A sabedoria não está no conhecimento, mas na vivência de DEUS em nossas vidas, pois teorias existem muitas, mas doçura como a de DEUS não existe ainda, nem mesmo nos melhores açúcares...
 

Tenha um bom dia!

E lembre-se de por açúcar em sua Vida!!!!

 
 
 
 



Escrito por ELIANA. às 13h41
[] [envie esta mensagem]




 
A quién más queremos,
menos decir sabemos.



Escrito por ELIANA. às 13h19
[] [envie esta mensagem]


"Quando a gente pensa que sabe todas as respostas, vem a vida e muda as perguntas. Mas não perca a esperança nunca! Sempre haverá uma nova chance para você ser feliz!"